sábado, junho 17, 2006

DIÁRIO DA COPA – Pt. 4

-A Inglaterra conseguiu me assustar novamente durante sua segunda partida na Copa, só marcando já perto do final da partida, por meio de Crouch. Nos acréscimos Gerrard fez aquele tipo de gol que ele tá cansado de marcar pelo Liverpool. Mas ainda é pouco. O quarteto deles (Gerrard, Lampard, Joe Cole e Beckham) é capaz de bem mais. A entrada de Rooney e Lennon deu uma melhorada no time, mas falta algo. E Trinidad e Tobago, apesar de ser bem arrumadinha em campo, principalmente na defesa, não é seleção para meter medo nos ingleses. Bem, já estamos nas oitavas, e Alemanha ou Equador dever vir por aí, e as coisas vão realmente esquentar.

-Se existe UM favorito para vencer o torneio, esse é a Argentina, que simplesmente deu um show hoje, ao fazer 6 x 0 contra a Sérvia e Montenegro. Com certeza foi a melhor apresentação de uma seleção até aqui, jogando com aquele espírito de campeão. Marcando três gols em cada tempo, os argentinos melhoraram ainda mais com as entradas de Tevez e do menino-prodígio Messi. A jogada que resultou no gol de Cambiasso foi belíssima, e o gol de Tevez foi coisa de quem sabe, daquelas que se esperaria de um Ronaldo da vida, se ele não estivesse gordo e velho. E tenho muitas coisas contra o Maradona, mas foi muito legal vê-lo torcer feito um maluco no estádio.

Um comentário:

Gerlande Diogo disse...

A Argentina é a melhor seleção até agora.