quarta-feira, janeiro 04, 2006

RESOLUÇÕES DE ANO-NOVO QUE GOSTARÍAMOS DE VER

Na última edição da Bizz (nº 196), na seção Barulho, há uma pequena matéria com frases fictícias de alguns artistas nacionais sobre o que eles farão neste ano de 2006. Destaquei duas delas para colocar aqui no S&D. Confira:

Pitty: “Vou mostrar que meu sucesso não é só fruto da obsessão da MTV por um ídolo pra petizada: não vou fazer mais clipes, não vou participar de Acústicos, Ao Vivos e outros programas em que a MTV me enfia, nem aceitar prêmios do VMB que inventem pra mim. Pô, eu sou do hardcore!”

Chorão: “Cansei de bancar o adolescente revoltado! Vou ler alguns livros sem figuras e assistir a alguns filmes sem explosões. E, já que todo mundo puxou o carro da minha banda e meus fãs nem notaram, vou abrir uma franquia do Charlie Brown Jr. em todo o Brasil e só gerenciar a parada. Whatsupindahouse, malandro!”

4 comentários:

Marlo disse...

Aê, malandrão, finalmente botou a mão na Bizz, hein? Legal, assim a gente pode trocar idéias sobre a dita cuja. O CD do U2 também está na minha lista há bastante tempo. Eu tenho as faixas em mp3, mas não é a mesma coisa MESMO! Devo reduzir minha coleção de HQs dos nove atuais para apenas seis títulos (só não decidi ainda quais). Acho que manterei quatro da DC (já que quase nunca consigo comprar Superman) e mais X-Men Extra (só por causa de Astonishing X-Men) e Marvel Millennium (por causa dos Supremos). Este será um ano de muitas minisséries e especiais importantes, portanto, tenho que arrochar o orçamento. Um abraço.

Rodrigo disse...

O CD do U2 é altamente recomendável. Eu tenho e vale cada centavo. Quanto às frases, seria muito bom se a da Pitty fosse verdade. Ninguém (em sã consciência) agüenta mais a cara dessa baiana em tudo que a MTV faz. Haja saco... Se bem que, pra assistir MTV atualmente, a pessoa tem que ser praticante de Zen Budismo. Não dá! Quanto ao Chorão, esse podia morrer que falta não faria.

Gerlande Diogo disse...

Eu não aguento mais a Pitty(do Chorão não precisa nem falar).

flávio disse...

E o pior não é isso...

Dia desses, uma conhhecida me perguntou "cara, tu não gostas de Charlie Brown Jr?? Cadê a tua cultura??"

Eu abaixo a cabeça, e, falo, bem baixinho... "aí mesmo..."


Ou quando ouvi "Chorão é pros anos 2000 o que Renato Russo foi pros anos 80"
"Então essa década vai ser uma merda."

Um abraço, Paranoid, e valeu pelo comentário no meu blog!!