terça-feira, setembro 18, 2007

UMA EXPLICAÇÃO

Desta vez tive um bom motivo para esse meu sumiço mais recente. Devido à uma pane elétrica, meu computador não conseguia ligar, então tive que levá-lo para a assistência técnica, quando tive a péssima notícia que havia perdido todos os dados do disco rígido. Cerca de 800 músicas e centenas de scans de gibis diversos (Hellblazer, Fables, Astonishing X-Men, Walking Dead etc.), tudo baixado a duras penas com minha conexão discada, sem esquecer de uma infinidade de fotos de mulheres, hã, peladas. Como se isso fosse pouco, toda a parte física do PC (HD, placa mãe etc.) estava comprometida, e apesar de estarem funcionando, precariamente, mas funcionando, tudo podia ir para o beleléu a qualquer momento.
Como já estava cansado das pegadinhas que o PC periodicamente me dava, e já sabendo que ele já estava meio ultrapassado, resolvi que era hora de substituí-lo por um novo, e comprei um zerinho. Mas se você acha que minha jornada pelo inferno terminou aí, está muito enganado. No mesmo dia da compra, no período da noite, quando o técnico veio instalá-lo, o computador não queria nem ligar. Resolvemos então voltar à loja para trocá-lo. Esse segundo também não chegou a funcionar. Ligamos para a assistência por telefone e seguimos as recomendações dadas, mas nada. Como já era tarde, resolvemos parar por aí e retomar no dia seguinte, quando mais uma vez trocamos o produto. (Cabe um parêntese aqui: não estou falando de qualquer computador montado numa loja de má reputação; trata-se de um HP Pavilion PC TV, com processador Intel Pentium 4, 512 MB de memória, HD de 160 GB, Windows Vista, gravador de CD e DVD e monitor LCD, ou seja, a chamada máquina). Voltando, o terceiro funcionou bem, por um tempo, quando detectei o problema: o modem. Por algum motivo, quando ligava o conector da linha telefônica, a linha ficava muda. Dois dias depois, com a maior vergonha do mundo, voltei à loja para uma quarta troca, que finalmente foi a última. Ainda bem que o técnico, que me acompanhou nessa jornada, era super gente fina e foi paciente até o fim.
Agora, aos poucos, vou colocando minha vida virtual nos eixos, e tentando recuperar alguns dos arquivos perdidos. Pena que a conexão continua a mesma bosta de sempre...

3 comentários:

Rodrigo disse...

Problemas da vida moderna, zifio... Sei bem como é esse perrengue de ficar no pé da assistência tecnica, pois passei por algo semelhante no início desse ano. O importante é que a luta continua e o show não pode parar... hehehhe

Luwig disse...

Eric, meu velho, que desperdício, hã?

Uma Máquina dessas (sim, com eme maiúsculo) e internet discada? Tá na hora de você rever seus conceitos!

Anônimo disse...

Eduardo Cyrillo:Sim....internet discada para uma máquina dessas é o fim!!!!!
PS:Erick me solidarizo com vc kara,foi muito emocionante o seu depoimento!!!!!